Image Map

16 de out de 2012

Confira a entrevista que Manu Gavassi deu nessa quinzena da Capricho

Como já aviamos dito aqui,Manu Gavassi esta nessa quinzena da revista capricho,ela esta na edição 1159 que começou a ser vendida no dia 7 de outubro e resolvemos postar a entrevista.

              um conto de fadas real

Manu Gavassi revelou a CAPRICHO que seu próximo álbum,Clichê Adolescente, é o diário de um namoro que não deu muito certo. E revela o que fez para superar o príncipe que, na verdade, era sapo.


Quando cheguei ao estúdio onde rolaria o ensaio de fotos desta matéria, encontrei uma Manu diferente da que cantava Garoto Errado. E não só por ter deixado de lado o headband e os vestidos românticos (ela estava usando T-Shirt,legging preta e snearkers.) Ali estava uma garota bem menos tímida e mais decidida, As desilusões amorosas pelas quais passou nos últimos dois anos e o ataque das haters, que não aprovavam seu (nunca assumido) romance com Chay Suede, fizeram com que a cantora de 19 anos aprendesse na marra a se proteger e acreditar em si mesma.

Manu abriu o coração e revelou que seu novo CD é sobre “Um namoro que não deu certo” e contou o que fez pra superar essas decepções. Inspirador!


Manu, estamos ansiosas pra ouvir seu novo álbum. Como vai ser?
É sobre o que rolou no último ano. O álbum é praticamente todo sobre um namoro que começou maravilhoso e acabou de uma forma horrível. Ainda bem porque rendeu vááárias músicas.


O jeito de contar as histórias é o mesmo do primeiro álbum?
Continuo escrevendo sobre amor. Eu tento compor sobre outros outros assuntos,mas sempre acabo caindo nisso. Sou uma garota muito apaixonada!


E quando sai esse álbum?
No começo do ano que vem. Ele vai se chamar Clichê Adolescente, uma brincadeirinha com minhas músicas. É um rótulo que já me deram e sei disso!


Você não fez turnê do seu primeiro álbum. Vai rolar dessa vez?
Sim! Quero montar um novo formato de show,meio teatro para contar as história de uma  forma engraçada,com atores. Também vou atuar!


Quais são as inspirações do novo CD?  
Busquei um toque meio pop, tipo Katy Perry, e também algo mais folk, porque gosto muito de músicas românticas.


O garoto de Conto de Fadas deve ter descoberto que você sofreu muito por ele. Você fica sem graça com isso? 
Nesse caso,ele me viu chorando e sabe tudo o que aconteceu. Conto de Fadas não é nenhuma surpresa. Eu não tenho vergonha de falar que sofri. Todo mundo sofre. 

 Na música, você fala sobre o cara estar no Rio de Janeiro, mas você mora em São Paulo. Namoro a distância funciona?
 Sim! É mais complicado, mas, se o casal se ama e a distância é o único problema, rola. Você tem que mostrar que se importa e que esta presente.



 O garoto de Conto de Fadas é o Chay?
(risos) Não. Se durante 11 meses a gente se falou que era só amigo, então, é isso que eu vou falar sobre ele. E, quando tiver outras relações, vou pensar se assumo ou não. É a minha vida e sempre vai ser. É por isso que me guardo tanto.


Você ja teve vontade de desistir de uma música por ela ser muito íntima?
 Já. A última que escrevi, E Eu Dou Risada. Achei que não teria coragem de lançar, mas deve entrar no CD. Não tem jeito: compor é o que eu sei fazer. Canto o que aconteceu e como me sinto. É por isso que muitas garotas se identificam com as letras. 


 Você fica nervosa pensando o que a pessoa vai achar quando ouvir uma musica que você fez pra ela? 
Ah, claro,né? É uma situação tensa, ainda mais quando você termina e não tem mais contato. Eu sempre penso:” Nossa, pagaria muita grana para ver a cara dele ouvindo essa musica”. (risos)


Como você lida com as haters e com os boatos que criam sobre você? 
Eu simplesmente aceito. Mas jamais vou entender. Se eu falar que nunca fiquei triste é mentira, porque eu já fiquei demais, de chorar mesmo. Mas fui aprendendo. Agora não me incomoda tanto porque eu sei que não estou fazendo nada errado.


Foi o ciúmes das fãs pelo Chay Suede que a fez proteger sua vida amorosa?
Já me esponho  muito nas minhas letras. Ouvir o meu segundo CD é a mesma coisa que ler meu diário. Gosto disso! Mas ficar mostrando com quem eu fiquei é mais complicado.


E agora você vai continuar buscando seu príncipe encantado? 
Com certeza. Eu acredito no amor. Vou continuar procurando meu príncipe encantado, continuar quebrando a minha cara. Vai ser assim pra sempre.


O que uma menina tem que fazer pra superar o fim de um namoro?
Desapegar. Parece que agente deixa um filme só com lembranças boas passando na cabeça. Por isso sofremos! Mas você tem que pensar que não era tão bom assim. Eu fiz isso e entendi o que era melhor para mim. 


O que você faz pra esquecer?
Eu me recuso a ficar de pijama o dia inteiro. Isso é perigosíssimo! Eu saio 24 horas por dia com as amigas para me divertir e esquecer. E me foco só em coisas boas, como meu trabalho e meus amigos.


Você se apaixona fácil?
Não. Eu sou muito dramática. Tipo vejo um menino e penso que ele é incrível. Aí escrevo três músicas sobre o menino incrível que eu mal conheço e, depois de uma semana, me canso dele.


É verdade que vai rolar uma parceria sua com o Fiuk?
Será? (risos) Pode ser que sim. Quem sabe, né?!


Vocês são só amigos? 
Sim! A gente se conheceu agora, porque gravamos no mesmo estúdio. Ele me mostrou algumas músicas e eu adorei.Ele é muito querido e simpático. 


Depois de tantas experiências, maior lição que o amor ensinou?
Eu aprendi que, se a relação não faz bem, termine. Por mais que você goste de pessoa. Se ela a deixa triste toda hora, sai dessa. Não adianta só amar. Você vai sofrer, mas passa. É difícil. 


Hoje você está feliz no amor?  
Estou feliz.Esse CD me ajudou muito a ver as coisas de uma forma mais clara e mostrar, que a minha vida, no fim das contas, é, sim, um conto de fadas. Seja com ou sem princípe. Ou ainda com meninos que eu acho que são príncipes e acabam  não sendo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Manu Gavassi News Today |Layout Por: Gabriela Cristina | Código por: Raphael Cardoso| Todos os direitos reservados.